Encontro entre dois gaúchos instrumentistas, Yamandu Costa (violão sete cordas) e Renato Borghetti (gaita ponto).

Com um programa que na sua maioria é definido em rodas de mate ou fruto de noitadas musicais, temas clássicos, música gaúcha e de fronteira costuradas com levadas de Choro, releituras inéditas e improvisos desconcertantes desfilam perante a plateia, executados com harmonia e virtuosismo e com a naturalidade somente reservada aos grandes artistas.

RENATO BORGHETTI
A música gaúcha foi sua primeira forma de expressão musical, logo acrescida de maior sofisticação e algumas pitadas de jazz e erudito. O primeiro álbum, gravado em 1984, ganhou o primeiro disco de ouro da história da música instrumental brasileira. Com um estilo único e a gaita ponto, tem realizado diferentes leituras de obras da música regionalista do Rio Grande do Sul, agregando influências de outros estilos brasileiros e internacionais.