MAFUÁ

Band :
Título : MAFUÁ
Release Date : 2008
Format : CD

Biscoito Fino lança no Brasil primeiro álbum solo de Yamandu Costa

Um sofisticado álbum instrumental que vai do choro ao samba, passando pelo tango. Batizado de Mafuá, o primeiro álbum solo de Yamandu Costa foi gravado em três dias de muito frio, na Alemanha, e permanecia inédito no Brasil até agora. Via Biscoito Fino, o lançamento chega às lojas e revela a  faceta autoral do músico que é considerado um dos maiores talentos do violão brasileiro.

A história de Mafuá começa em 2005, quando o Yamandu se apresentou em festival no sul da Alemanha. Na plateia estava o também violonista, produtor e engenheiro de som Peter Finger, que ficou impressionado com o que viu e ouviu: “Tudo naquele jovem violonista parecia estar em perfeita sintonia: técnica, musicalidade, groove, humor e uma exuberante alegria ao tocar. Foi um dos concertos mais impressionantes que já assisti”, escreveu mais tarde em seu blog. Ao final da apresentação, Finger convidou Yamandu para participar do Open Strings Festival em sua cidade, Osnabrueck e gravar um CD em um estúdio que é o paraíso para os violonistas.

Dois anos depois, em 2007, Yamandu estava de volta à Alemanha, e depois de se apresentar no Open Strings, hospedou-se na casa-estúdio de Finger. As condições de gravação que encontrou no estúdio Wonderland o deixaram fascinado. “Peter Finger tem um complexo de gravadora, anfiteatro e loja de música e ali ele realiza concertos, grava CDs, uma coisa impressionante“, conta Yamandu. “Tudo era voltado para a sonoridade e a acústica do violão, desde a arquitetura da casa até o mínimos detalhes dentro do estúdio”, completa o músico gaúcho.

E durante os dois anos de intervalo entre o convite e a viagem para a Alemanha, o violonista montou seu repertório com calma. “Eu vinha trabalhando há muito nestes temas, demorou pra eu pensar em fazer um disco solo, leva um tempo até que você tenha tranquilidade para gravar.  Dessa vez, senti que já tinham amadurecido e que gravá-los era uma forma de me desapegar dos temas”, analisa Yamandu. Das 13 músicas do repertório, apenas três não são de sua autoria: a faixa-titulo “Mafuá” (Armandinho Neves), “Quem é Você” (Zezé Gomes) e “Lalão” (Lalão).

Yamandu faz questão de destacar a sua parceria com Peter Finger, que comandou a gravação usando equipamentos de altíssima qualidade, como microfones feitos à mão. “Depois, na hora de masterizar, ele ainda dava um pouco de seu toque”, conta, acrescentando que Finger também é um excelente violonista e que por isso mesmo é um produtor e um engenheiro de som da melhor qualidade. Ymandu Costa contou ainda com a co-produção de sua esposa, a instrumentista Elodie Boundy, na realização de Mafuá.

Nono álbum na discografia de Yamandu Costa, Mafuá contou ainda com a co-produção da instrumentista Elodie Boundy, esposa de Yamandu, e já não é privilégio dos exigentes ouvintes alemães e europeus.

Peter Finger (produtor): Eu realmente pensei que depois de estar envolvido na cena do violão, por mais de 35 anos, já conhecia todo violonista profissional. Cedo ou tarde, simplesmente chega-se a conhecê-los, em festivais, feiras de negócios ou sessões de produção de um CD. Eu não estava particularmente curioso quando alguém mencionou um jovem brasileiro chamado Yamandu. Em seguida, em 2005, nos encontramos pela primeira vez quando ele tocava em um festival no sul da Alemanha. Na verdade, eu estava com fome e queria comer alguma coisa, mas também queria ouvir o concerto de Yamandu por alguns minutos, para escutar o que ele tocava. Foi uma decisão com graves consequências, pois nas próximas duas horas eu estava lá, com a boca escancarada, mal acreditando no que estava ouvindo.
Foi o show mais impressionante que eu já assisti.
Tudo sobre esse moço parecia em perfeita ordem: a técnica, a musicalidade, o groove, o humor e a alegria desabotoada tocando. Eu havia descoberto um músico que eu nunca esqueci, desde então. Ficou claro para mim que eu tinha de conhecer esse companheiro melhor. Então, convidei-o para tocar no  Festival Open Strings, em Osnabrück, e para gravar um CD.
Isso não era inteiramente altruísta da minha parte, pois eu apenas queria ver como ele faz tudo isso. Passei três dias no estúdio envolvido as músicas de Yamandu e estava profundamente impressionado. Nenhum truque técnico foi necessário, tudo fluiu por si mesmo. E sua música continuou a ressoar em minha cabeça por meses. Depois de uma sessão final de dez horas no estúdio, Yamandu queria tomar uma rápida cerveja no botequim da esquina mas no romper da aurora ele ainda estava tocando para o interessado público.

Gravado em Outubro de 2007 no Wonderland Studio em Osnabrueck, Alemanha.
lançado na Europa em 2008 pela Acoustic Records / lançado no Brasil pela Biscoito Fino em 2011.
Engenheiro de som: Peter Finger

Assistente de gravação: Elodie Bouny
Fotos e design da capa: Manfred Pollert
Produzido por Peter Finger

Repertório:

01 – El Negro Del Blanco (Y. Costa)
02 – Elodie (Y. Costa)
03 – Mafuá – (Armandinho Neves)
04 – Samba pro Rafa (Y. Costa)
05 – Zamba Tuerta (Y. Costa)
06 –  Bachbaridade (Y. Costa)
07 – Bostemporânea (Y. Costa)
08 – Choro Loco (Y. Costa)
09 – Caminho de Luz (Y. Costa)
10 – Quem é Você (Zé Gomes)
11 – Ressaca (Y. Costa)
12 – Lalão (Y. Costa)
13 – Tipo Bicho (Y. Costa)