LIDA

Band :
Format : CD

Lançado originalmente pela via independente, o CD Lida foi gravado em 2007, no estúdio Tenda da Raposa, em Santa Tereza (RJ). Indisponível no mercado, o registro da faceta regional do violonista e compositor Yamandu Costa volta às lojas, pela Biscoito Fino.

LIDA é o sétimo  álbum de Yamandu Costa, no qual ele resgata e homenageia as suas raízes gaúchas. Lembranças do homem do campo em suas danças, dos ritmos e cantigas agora mais distantes, servem de inspiração para o CD. Nesta trajetória, Yamandu mergulha na saga do conterrâneo Erico Veríssimo e compõem para Ana Terra e para os ventos do Sul.

Yamandu toma emprestado o tema “Encerdando”, composição de Ricardo Martins,  e o dançante chamamé  “Dayanna”, de Alessandro Penezzi.  Ao lado de Guto Wirtti (baixo acústico), Yamandu compôs a gauchesca “Bem Baguala” e a bela “Adentro”. O violino de Nicolas Krassik  leva a musica de Yamandu para o outro lado do continente, incorporando para si suas próprias raízes.
http://www.biscoitofino.com.br/produtos/yamandu-costa-lida-cd.php

Sobre os músicos:

Nicolas Krassik – Violinista é formado em música erudita pelo Conservatoire National de Region d’Aubervilliers-la Courneuve, e em Jazz pelo C.I.M. (Centre de Fomation Musicale de Paris). Acompanhou o pianista Michel Petrucciani em turnês internacionais (incluindo o Festival de Montreux), com o qual gravou o CD “Marvellous” em 1994. Também gravou um CD com a Orquestra de Violino Jazz do violinista francês Didier  Lockwood, diretor da escola onde Nicolas foi professor no Curso de Improvisação. Participou de gravações de trilhas sonoras para Cinema e TV, e de CDs com diversos artistas europeus. Atualmente vivendo no Brasil , gravou dois cds com vários convidados , como João Bosco, Yamandu Costa , Hamilton de Holanda , entre outros. Na  atuação no cenário musical carioca  participou  nos CDs de: “Nome Sagrado” da cantora Beth Carvalho em homenagem a Nelson Cavaquinho;  Argemiro Patrocínio, da Velha Guarda da Portela produzido por Marisa Monte e Paulão ‘7 cordas’;  “Café Brasil II” do grupo Época de Ouro, e gravações para trilhas sonoras de cinema e TV. Tocou com artistas consagrados como: Yamandu Costa, Beth Carvalho, João Bosco, Marco Pereira, Paulo Sérgio Santos, Henrique Cazes, Zé Carlos Bigorna, Hamilton de Holanda, Carlos Malta, Chico Chagas, Maria Teresa Madeira, Zé da Velha, Silvério Pontes, entre outros.

Guto Wirtti – Baixo  Acústico – Jovem musico do interior do Rio Grande do Sul. Aos seis anos, começou a tocar violão com seu pai que é cantor e compositor de musica regional. Aos doze anos influenciado pelo pai que tinha em casa alguns instrumentos se interessou pelo contrabaixo e fez desse o seu predileto. Depois de viver 2 anos em Salvador tocando com músicos locais foi para o Rio de Janeiro, em 2003, em busca de novos horizontes. Hoje toca com alguns dos grandes nomes da musica instrumental brasileira como:Yamandu Costa, Leo Gandelman, Gabriel Grossi,Daniel Santiago, Otavio Castro, Mariana de Moraes, entre outros. Guto Wirtti é também compositor e seu novo projeto é a gravação de suas musicas com vários convidados. No cd LIDA com Yamandu  Costa ele tem 3 músicas em parceria : Bem Baguala, Adentro e Petite Tristesse (bônus).

Repertório:

1. Baionga- Yamandu Costa
2. Missionerita – Yamandu Costa
3. Dayanna – Alessandro Penezzi
4. Lida – Yamandu Costa
5. Ana Terra – Yamandu Costa
6. Bem Baguala – Yamandu Costa e Guto Wirtti
7. Brincante – Yamandu Costa
8. Adentro – Yamandu Costa e Guto Wirtti
9. Encerdando – Ricardo Martins
10. Vento dos Mortos – Yamandu Costa

Bônus tracks:
Gravado ao vivo no Festival de Jazz de Melbourne/Australia (2006) – 2 faixas:
Ida e Volta – Yamandu Costa
Petite Tristesse – Yamandu Costa e Guto Wirtti